Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar neste site, concorda com a sua utilização e a nossa política de privacidade.

Saber mais

A InovCluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro, tem sede nas instalações do Centro de Apoio Tecnológico Agro Alimentar em Castelo Branco e visa contribuir para o aumento da competitividade dos sistemas produtivos locais e regional e para a afirmação da Região Centro de Portugal ao nível nacional e internacional. Para isso, estabelece uma plataforma de concertação entre os principais actores deste sector, e apoia as empresas em processos de inovação, IDT, transferência de conhecimento, formação, desenvolvimento de novos produtos, serviços e processos, marketing e internacionalização.

Conta, à data, com 177 associados, dos quais 142 são empresas, 15 são Associações/Cooperativas, 12 Instituições de Ensino Superior, Instituições de I&D ligados ao sector agroindustrial e agroalimentar e 8 entidades públicas.

A InovCluster tem sido apoiada pelo Município de Castelo Branco e é financiada pelo COMPETE – Programa Operacional Factores de Competitividade e pela União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

 

 

ÁREAS DE INTERVENÇÃO

+ COMUNICAÇÃO

• Unidade de Divulgação e Imagem que presta apoio ao nível do Desenvolvimento de Planos de Comunicação e de Marketing;

• Apoio na criação de imagem corporativa – logotipos, panfletos, catálogos, stands, expositores, entre outros;

• Apoio na conceção de Embalagens;

• Apoio na divulgação da empresa, dos seus produtos, serviços e atividades, a nível nacional e internacional (media, redes sociais e certames/feiras nacionais e internacionais, eventos).

Para mais informação na área:

comunicacao@inovcluster.pt


 

+ COOPERAÇÃO 

• Unidade de promoção e desenvolvimento de redes de cooperação que presta apoio ao nível do estabelecimento de protocolos de parcerias entre empresas, empresas e Instituições, e entre clusters, através ou não do desenvolvimento de projetos;

• Promoção e estabelecimento de redes, grupos de trabalho, etc., nacionais e internacionais;

• Apoio na identificação de parceiros estratégicos para desenvolvimento de projetos, nacional e internacionalmente.

Para mais informação na área:

geral@inovcluster.pt


 

+ EMPREENDEDORISMO

• Presta apoio ao nível do Apoio ao Empreendedor através do estudo de viabilidade da entrada daquela atividade no mercado e apoio na pesquisa de soluções inovadoras para criação de uma oferta diferenciadora no mercado;

• Identificação das necessidades legais e burocráticas para início da atividade e encaminhamento para as entidades competentes nas diversas áreas;

• Divulgação ao Empreendedor das obrigações legais de cada atividade;

• Apoio ao Empreendedor na pesquisa de soluções facilitadoras para a implementação da empresa;

• Promoção e facilitação de acesso a formação especializada na área da instalação de empresas, gestão, etc., por exemplo, o caso da promoção da participação de associados empreendedores na Academia PME;

Articulação com o CEi– Centro de Empresas Inovadoras, uma incubadora de empresas de Castelo Branco.

Para mais informação na área:

geral@inovcluster.pt


 

+ FINANCIAMENTO +INCENTIVOS

• Unidade de apoio à estrutura económico-financeira e de pesquisa de soluções de financiamento e incentivos para execução de projetos que presta apoio ao nível da identificação de soluções de financiamento privado (Business Angels, Capitais de Risco, etc.), ou público/comunitário através da identificação de soluções adequadas a cada tipologia de projeto dentro dos Sistemas de Incentivos existentes;

Apoio na elaboração de candidaturas, Planos de negócio, acompanhamento de projetos, controlo e gestão da execução física e financeira de projetos.

 

Para mais informação na área:

financeiro@inovcluster.pt 


 

+IDT + INOVAÇÃO

+Investigação e Desenvolvimento +Inovação presta apoio ao nível de Partilha de conhecimento científico na área das tendências e inovação ao nível dos produtos, processos ou serviços;

• Disponibilização das principais tendências nacionais e internacionais de produção e de consumo por fileira;

• Análise aos Trends Reports Internacionais e Criação de Trend Reports de Consumo Agroalimentar por mercado internacional-alvo;

• Organização de grupos de trabalho multidisciplinares para a dinamização do setor de alimentos funcionais dirigidos a segmentos de mercado com intolerâncias alimentares, com Nutricionistas, médicos, Chef’s, fornecedores de embalagens, investigadores, laboratórios de análise e certificação e associações;

 

• Levantamento da oferta e das respetivas tendências de produtos dirigidos aos segmentos de mercado com intolerâncias alimentares;

• Identificação de parcerias estratégicas para a participação dos associados (SME’s) em Projetos Europeus que fomentem a Transferência de Tecnologia;

• Envolvimento das empresas em projetos de Inovação com as Entidades SCT nacionais e internacionais;

• Reuniões com entidades de I&DT nacionais e internacionais;

• Apoio ao desenvolvimento de novos produtos, à implementação de novas tecnologias e de métodos produtivos, através da promoção da parceria com o CATAA e o SCT; Organização de ações de formação/ Workshops/Seminários no âmbito da IDT e da Inovação.


 

+INTERNACIONALIZAÇÃO

• Unidade de Internacionalização que apoia as empresas ao nível do arranque do processo de Internacionalização das empresas, identificação de mercados-alvo;

• Preparação da empresa para a internacionalização;

• Organização da participação em Feiras Internacionais do setor, dirigidas a profissionais e não só;

• Organização de Missões Empresariais e Missões Inversas Internacionais para as empresas do setor;

• Organização de Ações Promocionais e eventos de divulgação dirigidos ao público em geral, profissionais e Opinion Makers;

Levantamento da procura internacional e disponibilização às empresas;

 

Apoio nos processos de negociação com compradores internacionais;

Apoio nos processos de certificação de produtos para entrada nos diversos mercados internacionais fora da UE;

• Disponibilização de informação relativa à rotulagem e demais obrigações legais para os diversos mercados internacionais e apoio nas alterações necessárias;

Estudos de mercado nos diversos mercados internacionais, dentro e fora da UE;

• Organização de ações de formação/ Workshops/Seminários no âmbito da Internacionalização.